Artigo de Equipa Automundo
30-04-2020

No mercado desde 2014, o compacto Citroën C4 Cactus começa a pedir uma renovação para acompanhar a evolução do segmento. Para tal, Vincent Cobee, diretor geral da marca no grupo PSA, garante que o sucessor vai ser “diferente de tudo o que conhecemos no segmento”. Para tal, a próxima geração está prevista para junho e, se a pandemia de coronavírus assim permitir, chega aos concessionários na segunda metade de 2020.

Leia ainda: Fotos do BMW iX3 surgem na internet antes da apresentação

Por agora pouco ou nada se sabe sobre o mesmo, à exceção de que vai ter uma alternativa 100% elétrica. Ou seja, deve usar a plataforma CMP já utilizada pela Peugeot com o 208 que também tem uma versão elétrica. Isto significa que os consumidores vão ter à disposição as típicas versões a combustão, contudo, a eletrificação começa a ganhar relevância. Relativamente a versões híbridas nada foi mencionado.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Citroën C4 Cactus registou uma queda nas vendas em 2019

Atualmente, o Citroën C4 Cactus começa a acusar a idade e não consta nos 10 carros mais vendidos do segmento na Europa que é liderado pelo Volkswagen Golf. Aliás, quando olhando para os números, percebemos que está numa fase de queda. Segundo os dados revelados pela JATO Dynamics, em 2019 foram vendidas 52 128 unidades, algo que representa uma queda de 10% relativamente a 2018.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top