Artigo de Guilherme André
27-04-2020

Durante o período do Estado de Emergência, a PSP tem realizado inúmeras ações de fiscalização para evitar o incumprimento da quarentena obrigatória devido à pandemia de coronavírus. Na zona da Grande Lisboa, as operações vão mudando de sítio. Contudo, neste domingo dia 26 de abril, os números geraram preocupação. De acordo com a própria Polícia de Segurança Pública (PSP), há um maior movimento por parte dos portugueses. Isto levou a um reforço das operações de stop.

Leia ainda: Toyota Yaris Cross, o novo SUV da marca nipónica

“O tempo está aprazível na maior parte do país e já notamos alguma propensão das pessoas para fazerem umas voltinhas um bocado maiores, fora do contexto do estado de emergência”, afirmou Nuno Carocha, porta-voz da PSP, à TSF. Relativamente aos números deste domingo, o intendente afirma que, quem não apresenta justificação nas operações de stop, é obrigado a regressar a casa. Só no domingo, foram mais de seis mil condutores nesta situação.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

PSP fiscalizou mais de 16 mil viaturas na zona de Lisboa

“Na região de Lisboa fiscalizámos mais de 16 mil viaturas e dessas, seis mil foram convidadas a regressar de imediato ao domicílio, porque o motivo de deslocação apresentado pelos condutores não tinha qualquer enquadramento legal no contexto do estado de emergência”, referiu o porta-voz da PSP à emissora. Até ao momento da redação de este artigo, em Portugal já se registaram 903 mortes, 23 864 casos confirmados e 1329 casos recuperados de coronavírus, segundo dados da Direção-Geral de Saúde.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top