Artigo de João Isaac
10-05-2019

A SEAT está a atravessar um excelente momento. Best sellers como o Ibiza e o Leon têm agora a companhia de uma família de SUV cujo bom desempenho comercial veio alavancar as vendas da marca espanhola. No primeiro quadrimestre do ano, pela primeira vez, as vendas superaram as 200 mil unidades. Respondendo, também, à cada vez maior procura por veículos híbridos e elétricos, a SEAT vira-se agora para a eletrificação da sua gama.

Leia ainda: Mercedes EQC, o primeiro SUV elétrico da marca alemã que pretende arrasar com a concorrência

El-Born será o segundo modelo a utilizar a plataforma MEB

O porta-estandarte desta ofensiva é o el-Born, o primeiro veículo 100% elétrico da marca catalã. Com chegada prevista ao mercado para o final de 2020, o el-Born partilha a plataforma MEB com o Volkswagen ID.3. No entanto, ao contrário do modelo alemão, o el-Born não deverá contar com a versão equipada com bateria de menor capacidade. Assim, a sua autonomia varia entre os 300 e os 420 quilómetros. É compatível com supercarregadores de 100 kW que lhe permitem recuperar 260 quilómetros de autonomia em 30 minutos.

Formentor é o primeiro 100% Cupra

O Cupra Formentor assume-se como o primeiro modelo desenvolvido pela marca agora independente da SEAT. A aposta na eletrificação é também um argumento deste SUV equipado com propulsão híbrida plug-in. O e-Racer, por outro lado, representa o expoente máximo da performance de um elétrico da Cupra. É o primeiro veículo de competição de turismos elétrico. O motor pode passar às rodas 500 kW de potência, algo como 680 cavalos. As performances são de outro mundo. A aceleração até aos 100 km/h faz-se em 3,2 segundos e até aos 200 km/h em apenas 8,2 segundos. A velocidade máxima é de 270 km/h.

Percorra a galeria e veja os modelos da ofensiva elétrica da SEAT.

Fotos: SEAT

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top