Artigo de João Isaac
17-09-2019

O Seat Leon foi oficialmente apresentado durante o Salão de Frankfurt de 1999. Assim, o compacto espanhol celebra este ano o seu 20º aniversário, tendo já acumulado mais de 2 milhões de unidades vendidas. Segundo a marca, se fossem colocados em fila, estender-se-iam por mais de 9 mil quilómetros, de Moscovo a Vladivostok, tal como o percurso do mítico comboio transsiberiano.

Leia ainda: Abarth 595 Pista recebe aumento de potência

O Leon não só se assumiu como um best seller da Seat, como as suas vendas subiram com o lançamento de cada nova geração. A terceira e atual geração superou a marca de um milhão de unidades, praticamente o dobro do primeiro Leon. Da segunda geração, lançada em 2005, venderam-se cerca de 675 mil exemplares. Para o crescimento contínuo das vendas contribuiu, igualmente, a introdução das versões familiares, como o Leon ST, e das desportivas, Cupra.

De Martorell para o mundo

A primeira geração foi vendida em 43 mercados e a segunda em quase 50 países. Considerando o local onde nasce, na linha de produção de Martorell, Barcelona, o mercado mais longínquo onde o Leon está presente é o da Nova Zelândia, onde chegou em 2017. Cerca de 80% dos Leon produzidos são exportados. Quer o Reino Unido, quer a Alemanha, são dois dos mercados mais representativos do sucesso do Leon.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

As três gerações do Leon foram desenhadas, respetivamente, por Giorgetto Giugiaro, Walter da Silva e Alejandro Mesonero-Romanos. Este último é igualmente o responsável pelo novo Leon que a marca espanhola se prepara para apresentar. O Leon encontrou também sucesso na competição, tendo-se sagrado campeão do mundo de turismos em 2008 e 2009. Entrou para a história por ser a primeira vez que o título foi ganho por um motor Diesel.

Percorra a galeria e veja as fotos do Seat Leon.

Fotos: Seat

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top