Artigo de Guilherme André
07-04-2020

Era uma questão de tempo até o Toyota GR Supra receber a versão de acesso em Portugal, apesar de estarmos a passar por tempos difíceis devido à pandemia de coronavírus. Assim, o desportivo equipado com o motor 2.0 litros quatro cilindros consegue chegar aos 258 litros e 400 Nm de binário. Este é associado por uma caixa de velocidades automática de oito velocidades. Ao nível de performances, a configuração permite acelerar dos 0 aos 100 km/h em 5,2 segundos, enquanto a velocidade máxima é limitada a 250 km/h.

Leia ainda: Versão híbrida plug-in a gasóleo do Mercedes-Benz GLE começa nos 84 700€

No entanto, este motor mais pequeno, face ao bloco seis cilindros 3.0 lt, tem os seus convenientes. Em primeiro lugar, consegue reduzir 100 kg de peso que, por sua vez, permite uma melhor distribuição de peso. Aliás, Tetsuya Tada, engenheiro-chefe da GR Supra, refere que a a distribuição de peso é de 50:50 e garante “um controlo direcional ágil e estabilidade em curva”. Ou seja, o que perde em potência, ganha em dinâmica de condução.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Toyota GR Supra com motor quatro cilindros começa nos 66 mil euros

Em Portugal, esta versão de acesso começa nos 66 mil euros, um preço bem inferior aos 81 mil euros da versão 3.0 lt. O preço inclui o nível de equipamento Signature. Ou seja, recebe jantes de 18 polegadas, diferencial ativo, suspensão adaptativa entre outros “brindes”.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e relembre a versão de acesso do desportivo nipónico.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top