Artigo de Guilherme André
02-04-2020

A eletrificação na Volkswagen está bem presente e não é de estranhar a inclusão de mais duas versões híbridas plug-in na gama. A sigla GTE vai chegar aos modelos Arteon e Tiguan ainda em 2020. Isto acontece devido ao facelift a que ambos vão ser sujeitos. Apesar de não terem sido reveladas as especificações, devem manter uma motorização bem conhecida na Volkswagen.

Leia ainda: Toyota está a desenvolver versão desportiva da Hilux para rivalizar com a Ranger Raptor

Os dois modelos devem adotar o mesmo sistema híbrido plug-in do Passat GTE. Ou seja, um motor quatro cilindros 1.4 TSI associado a um propulsor elétrico que geram uma potência combinada de 218 cavalos. Relativamente à bateria, poderá manter a de 13 kWh, algo que confere mais de 50 km em autonomia elétrica.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Volkswagen Arteon e Tiguan vão ganhar versões R

Para além disso, a renovação vai trazer consigo as versões topo de gama do Volkswagen Arteon e Tiguan. A sigla R vai surgir com o SUV a adotar o propulsor do Golf R: 2.0 TSI com 300 cavalos. Já o arteon R pode adotar uma motorização bem mais “radical”. Segundo rumores, é possível que esteja equipado com um movo motor 3.0 VR6 bi-turbo com mais de 400 cavalos. Por fim, o Arteon vai ainda receber uma variante “Shooting Brake”, uma novidade na gama do modelo alemão.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top