Artigo de Guilherme André
14-02-2020

Se para alguns um carro é mais do que um simples meio de transporte, para outros é algo que chega a ser dispensável. De facto, 53% dos portugueses conseguem imaginar-se a viver sem ter um automóvel, segundo demonstra o estudo da Celetem. Decompondo este número, 35% afirma que conseguia, mas sob certas condições, enquanto 19% diz “sim, absolutamente” a esta possibilidade.

Leia ainda: Os 3 melhores carros para viajar nas estradas portuguesas

Apesar deste número revelador, não deixa de ser curioso que a grande maioria dos portugueses (92% dos inquiridos) acredita que na próxima década vamos continuar a comprar automóveis. Ainda assim, começam a existir indivíduos que esperam mudanças face à realidade atual. 24% dos inquiridos portugueses pensa que vai ser possível utilizar veículos sem custos associados, enquanto 76% não vislumbra essa possibilidade.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Inquiridos entre os 18 e os 34 anos são os mais propensos a uma vida sem carro

Estes estudo abrangeu 10 000 pessoas distribuídas por 15 países. Depois de uma análise detalhada aos países inquiridos, a Celetem chegou à conclusão que 6 em cada 10 concordam que é possível viver sem carro. A China é o país onde se regista o maior número de apoiantes deste facto, onde a percentagem chegou aos 79%. Por fim, os inquiridos entre os 18 e os 34 anos de idades são os mais propensos a considerar uma vida sem ter um carro. Já a maioria dos habitantes das áreas urbanas concordam com a afirmação.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top