Artigo de Guilherme André
09-03-2020

O novo Xpeng P7, o carro elétrico da marca chinesa fundada em 2014, consegue percorrer até 706 km de acordo com Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação (MIIT) da China. Assim, quando for lançado no mercado chinês no segundo trimestre de 2020, vai tornar-se no carro elétrico com mais autonomia à venda. Com estes números, o Xpeng P7 bate os Tesla, um feito realmente bom e raro no mercado. Isto porque os grandes construtores de automóveis, como a Audi, Jaguar ou Porsche, não conseguiram chegar perto dos valores praticados pela marca norte-americana liderada pelo carismático Elon Musk.

Leia ainda: Lancia Ypsilon, o único modelo sobrevivente da marca passa a híbrido

O novo modelo elétrico chinês está disponível em duas versões distintas. Em primeiro lugar, falamos da variante com tração traseira (RWD super-long range) chega aos 196 kW de potência (sensivelmente 267 cavalos) e 390 Nm de binário. Esta é a versão que consegue percorrer os 70 quilómetros.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Há ainda uma variante com tração integral e mais desportiva (AWD high performance). Esta recebe dois propulsores elétricos, um por eixo, que debitam 163 cv (dianteiro) e 267 cv (traseiro). Com esta configuração, o P7 consegue acelerar dos 0 aos 100 km/h em 4,3 segundos. Para alimentar os motores elétricos, a Xpeng recorreu a uma bateria de 80,87 kWh, cerca de 7% maior do que a do Tesla Model 3 long-range (75 kWh).

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Xpeng P7 vai atacar o mercado com os mesmos argumentos do Tesla Model 3

No que toca ao visual exterior, a Xpeng focou-se nas questões aerodinâmicas. Aliás, chegam a referir que fizeram mais de 30 ajustes de design no P7, especificamente para reduzir a resistência ao vento. No interior, destaque par a inclusão de dois ecrãs digitais interligados e um conceito minimalista. Botões físicos são quase inexistentes.

Veja também: Hyundai Prophecy, o protótipo elétrico que dispensa volante tradicional

Por fim, será interessante perceber como é que o mercado vai responder a este novo concorrente no segmento de elétricos. O Xpeng P7 está em linha com o Tesla Model 3 em preço, autonomia, utilidade, perdendo apenas nas questões de performance. De acordo com a imprensa internacional, a Xpeng já tinha cerca de 15 mil pré-reservas em novembro de 2019, um número que deve ter aumentado desde então. Será este um rival à altura para a “armada” de Elon Musk?

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top