Artigo de Guilherme André
24-01-2020

Com o aproximar dos primeiros testes de pré-temporada (entre 7 e 9 de fevereiro e Sepang), as marcas começam a apresentar as motos que vão utilizar no MotoGP. Hoje falamos da Ducati Desmosedici GP20, o novo protótipo que irá competir na temporada de 2020. A apresentação decorreu no Palazzo Re Enzo em Bolonha, perto da fábrica da marca italiana em Borgo Panigale. Para além dos pilotos oficiais, Andrea Dovizioso e Danilo Petrucci, também subiram ao palco o CEO, Claudio Domenicali e o diretor geral da Ducati Corse, Luigi Dall’Igna.

Leia ainda: Jorge Lorenzo adicionou nova bomba à sua invejável coleção de carros

Com esta nova moto, a Mission Winnow Ducati pretende ter argumentos suficientes para lutar pelo título. Isso é algo que lhes tem fugido nos últimos anos. De facto, temos assistido a vários duelos entre Dovizioso e o campeão da época passada Marc Marquez (Honda). No que diz respeito a especificações, a GP20 está equipada com um motor quatro cilindros em V com 1000 cc. A potência é, de acordo com os dados, superior a 250 cavalos, algo que permite acelerar até uma velocidade máxima superior a 350 km/h. Um detalhe que salta é vista é a inclusão de cada vez mais apêndices aerodinâmicos.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Primeira prova de MotoGP está marcada para 8 de março no Qatar

Por fim, a primeira prova do campeonato de MotoGP decorre no dia 8 de março no Qatar. A nova Ducati Desmosedici GP20 é uma das principais rivais da Repsol Honda. Será suficiente para destronar o destemido Marc Marquez? Temos de esperar para perceber.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça as novas Ducati Desmosedici GP20.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top