Artigo de Equipa Automundo
12-01-2020

O piloto português Paulo Gonçalves morreu num acidente no Rally Dakar. O acidente aconteceu durante a sétima etapa da importante competição, que este ano decorre na Arábia Saudita.

Paulo Gonçalves, de 40 anos, sofreu uma queda fatal de moto. Quando os médicos chegaram encontraram o piloto inconsciente e em paragem cardíaca. A equipa ainda tentou reanimar o piloto, que foi transportado de helicóptero para o Hospital Layla, onde a morte foi declarada.

Esta era a 13.ª vez que o piloto de motociclismo, natural de Esposende, participava no Dakar. A estreia aconteceu em 2006. Em 2013 chegou a sagrar-se vice-campeão. Além disso, por quatro vezes chegou a terminar a prova nos dez primeiros.

Marcelo lamenta morte do piloto Paulo Gonçalves

O Presidente da República lamentou hoje a morte de Paulo Gonçalves, que faleceu na sequência da uma queda durante a sétima etapa do Rali Dakar, lembrando que o piloto português foi “um digníssimo representante de Portugal” na prova.

“Paulo Gonçalves morreu a tentar alcançar o sonho de vencer uma das mais duras e perigosas provas de rally do mundo, na qual foi sempre um digníssimo representante de Portugal, chegando a alcançar o segundo o lugar em 2015”, pode ler-se na nota publicada no site da Presidência. Marcelo Rebelo de Sousa apresentou ainda “as mais sentidas condolências” à família do ‘motard’ português.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top