Artigo de Guilherme André
13-05-2020

Depois da confirmação da saída de Vettel  da Ferrari no fim da temporada de 2020, o mercado de pilotos ficou em alvoroço com um dos lugares mais cobiçados do plantel em aberto. Um dos nomes falados foi Carlos Sainz, o jovem espanhol de 25 anos, filho do mítico piloto de ralis Carlos Sainz. Hoje (14 de maio), a equipa italiana oficializou Sainz como o novo piloto Da Scuderia. Contudo, o percurso não tem sido fácil para o piloto, aliás, nos últimos anos tem sido uma verdadeira montanha russa.

Leia ainda: Rali de Portugal em 2020 oficialmente cancelado

Em 2018, a Renault decidiu dispensar Carlos Sainz para a entrada de Daniel Ricciardo. Isto deixou-o a um passo de abandonar a Fórmula 1. No entanto, de forma algo inesperada, Carlos Sainz conseguiu um lugar na McLaren. Curiosamente, ocupou o lugar de Fernando Alonso, aquele que ele considera ser o seu ídolo. Perante tamanha oportunidade, Sainz conseguiu deixar para trás os maus resultados e focou-se em melhorar como piloto e atleta. Isto foi de tal maneira evidente que em 2019 fez uma época superior às expetativas. O principal ponto alto foi quando conquistou o terceiro lugar em Interlagos, Brasil, após passar a linha de meta em quarto. Isto porque Lewis Hamilton foi penalizado por um toque em Alexander Albon e Carlos Sainz só pode festejar o lugar no pódio duas horas depois do fim da corrida.

Veja o vídeo:

Fernando Alonso elogiou progresso de Carlos Sainz

Seja como for, mostrou que tem o que é preciso para pilotar em Fórmula 1 e não é de estranhar que seja a escolha para o lugar de Vettel na Ferrari. Mais do que seguir as pisadas do ídolo Fernando Alonso, também deve estar orgulhoso pelas palavras do bi-campeão espanhol. “Acho que no ano passado (2019) toda a equipa fez uma boa temporada e Carlos estava lá no momento certo, no lugar certo. Mas acho que desde o começo, já na Toro Rosso, ele estava a fazer um trabalho muito bom”, referiu Alonso.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

“Acho ótipo para o país e acho que ele terá um grande futuro”, terminou o espanhol. Por agora fica a expectativa de como Carlos Sainz se vai adaptar ao monolugar da Ferrari. Depois da época, parece que estão reunidas as condições para vingar. Será que vai conseguir? Só o tempo o dirá.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top