Artigo de Equipa Automundo
29-10-2020

Primeiro construtor francês no mundo, há mais de 120 anos que a Renault não cessa de inovar. Questões tecnológicas, de âmbito social ou ambientais: desafios não faltam ao setor automóvel. Já há alguns anos que o automóvel deixou de ser visto como um simples meio de locomoção individual. Adquiriu uma outra dimensão. Agora é um espaço de mobilidade, de partilha e um objeto cada vez mais conectado.

Tesla vai lançar uma versão do Model Y com sete lugares

Desde muito cedo que a Renault tomou consciência desta mudança e, no início do ano, a marca desenhou o esboço de um sonho chamado MORPHOZ. Um concept-car elétrico polivalente, modular, autónomo e conectado, que reforça as novas utilizações da mobilidade. Hoje, a Renault escreve um novo capítulo da sua história, com um show-car simultaneamente precursor e ambicioso: Mégane eVision que antecipa uma nova geração de automóveis elétricos concebidos sobre a nova plataforma modular: CMF-EV.

Leia ainda: McLaren cria edição especial do 600LT inspirada em aranha venenosa

O Mégane eVision explora, plenamente, todas as possibilidades que esta nova plataforma da Aliança oferece e incorpora, por exemplo, uma das baterias mais finas do mercado e um novo grupo motopropulsor ultra compacto, aumentando assim a habitabilidade, e que rompe com os códigos estabelecidos em matéria de utilização, proporções, de design e até mesmo em termos de eficácia energética. Este automóvel de amanhã tornar-se-á rapidamente em realidade. O modelo de produção inspirado neste show-car será apresentado em 2021.

Mégane eVision, o futuro elétrico da Renault

O show-car Mégane eVision dará origem a um automóvel exclusivamente disponível com motor elétrico. O primeiro de uma nova família de modelos elétricos Renault, dinâmicos e polivalentes, cada vez mais adaptados aos estilos de vida e aos tipos de utilização de cada um. Equipado com as mais recentes tecnologias e inovações em matéria de bateria e de carregamento, esta futura gama vai seduzir um público cada vez mais numeroso nestes tempos de tomada de consciência ecológica.

Leia ainda: Esta Ducati Scrambler venceu concurso de personalização da marca

Esta nova geração de automóveis beneficiará de serviços conectados de vanguarda. De uma maneira geral, inserir-se-á num ecossistema elétrico também ele em franca evolução, para acompanhar não apenas os utilizadores nas suas necessidades, como também toda a sociedade na transição energética.

Participará, por exemplo, no desenvolvimento do “smart charging” (ou carregamento inteligente), para equilibrar a rede elétrica e ajudar os utilizadores a economizar ainda mais. A bateria poderá ser carregada na melhor altura, graças à conectividade do veículo, evitando as horas em que a rede elétrica é mais solicitada e favorecendo a utilização de energias renováveis. Outra tecnologia em desenvolvimento, o V2G (Vehicule-to-grid), permite que o automóvel parado e a carregar exporte uma parte da eletricidade armazenada na bateria para a rede elétrica.

Percorra a galeria e veja mais fotos deste Mégane eVision.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top