Artigo de Guilherme André
21-05-2020

Provavelmente todos nós, condutores, já passámos pela sensação de adquirir um carro novo, ou pelo menos em segunda mão. Uns tentam perceber todos os detalhes do carro, enquanto outros apenas querem saber realmente do que vale. No Reino Unido, um homem passou exatamente pelo mesmo. Este tornou-se dono de um Mercedes-AMG A45 da primeira geração, mas foi também protagonista de uma história insólita.

Leia ainda: Estagiário esmaga Ferrari do patrão poucos dias depois de entrar ao serviço

Segundo a polícia de Manchester, Inglaterra, o condutor do Mercedes prateado estava a “conduzir como se tivesse roubado o carro”. Os agentes realizaram uma breve perseguição até que conseguiram intercetar o condutor numa zona residencial. Depois de uma breve inspeção de toda a documentação, para surpresa dos polícias, o carro não era roubado mais sim o novo “bebé” do condutor. Contudo, não foi pela condução “à piloto” que levou ao confiscar do veículo.

Mercedes-AMG A45 confiscado por não ter seguro

Ao que parece o condutor do Mercedes-AMG A45 não fez um seguro para o carro recém-comprado. Perante isto, a polícia viu-se obrigada a confiscar o veículo e o dono teve de ir para casa a pé. Em suma, toda a emoção de comprar um carro novo durou cerca de uma hora desde a saída do stand e a confiscação. Por agora, o desportivo fica com a polícia por tempo indeterminado.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top