Artigo de Guilherme André
15-11-2019

Em 2015 a Hyundai apresentou o primeiro concept daquela que poderia ser a primeira pick-up da marca coreana. No entanto, os planos foram atrasados porque o fabricante pretendia focar-se na eletrificação para novos segmentos. Agora, com o novo programa de expansão para a fábrica no Alabama, Estados Unidos, a pick-up volta à agenda. O investimento superior a 370 milhões de euros vai criar 200 postos de trabalho. Assim, a Hyundai Santa Cruz junta-se ao Sonata, Elantra e Santa Fe, modelos comercializados nos Estados Unidos.

Leia ainda: Novo Ferrari Roma, o elegante coupé com um V8 de 620 cavalos

Por enquanto ainda não foram revelados muitos detalhes, mas um relatório recente mostrou que pode adotar o chassis sobre longarinas, similar aos utilizados nas pick-up americanas. Isto significa que há uma forte possibilidade de existir uma versão com tração integral. Para além disso, deverá estar disponível em mais do que um formato de cabine. Contudo, não passam de rumores, sendo obrigatório esperar pela confirmação oficial da Hyundai.

Hyundai Santa Cruz vai ter competição feroz

Por fim, a produção está programada para 2021. Ou seja, não deve faltar muito até começarem a surgir “fotos espias” de um possível protótipo a circular em estrada. A Hyundai Santa Cruz vai entrar assim num segmento com competidores ferozes como a Ford Ranger ou a recente Jeep Gladiator. Ainda assim, convém relembrar que os três veículos mais vendidos nos Estados Unidos da América são pick-ups.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e veja o concept apresentado em 2015.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top