Artigo de Equipa Automundo
25-12-2020

Uma velocidade máxima de 410 km/h, um design aerodinâmico calibrado ao milímetro e tecnologia de motor para ganhar corridas definem o Jaguar Vision Gran Turismo SV, o último bólide virtual totalmente elétrico desenvolvido para o jogo Gran Turismo e transferido para o mundo real como modelo à escala real. O Jaguar Vision Gran Turismo Coupé, apresentado em outubro de 2019, foi o primeiro desportivo totalmente elétrico da Jaguar criado para a célebre saga Gran Turismo. Conseguiu um sucesso notável ao seduzir os jogadores com o exterior inovador inspirado nos modelos clássicos, no seu interior concebido a pensar no condutor e nos seus níveis excelentes de condução e comportamento.

Veja também: Edd China bate recorde do mundo de velocidade com carrinha de gelados elétrica

Concebido para ser o expoente máximo dos bólides para provas virtuais de resistência, o Jaguar Vision GT SV presta homenagem à sua linhagem ilustre não apenas com referências de estilo e aparência, como também com cores distintas de competição que evocam momentos históricos como as estreias em Le Mans do C-Type e do D-Type em 1951 e 1954, respetivamente.

Desenvolvido por engenheiros especializados

A estrutura de carroçaria em material compósito, muito leve e aerodinâmica, incorpora agora quatro motores elétricos concebidos pelas equipas da Jaguar Racing e SV (o Coupé dispunha apenas de três). Em conjunto, desenvolvem uma potência de 1.903 CV (1.400 kW) e 3.360 Nm de binário instantâneo com as vantagens de tração e dinâmica da tração integral inteligente, e a distribuição de binário. Acelera de 0 a 96 km/h em apenas 1,65 segundos e atinge uma velocidade máxima de 410 km/h. A equipa de engenheiros da SV recebeu a missão de tirar partido da potência do Gran Turismo SV para disponibilizar aos jogadores uma experiência de condução ainda mais emocionante na competição.

Performance eletrizante

O sistema de propulsão do GT SV inclui um motor para cada roda, desenvolvendo uma potência combinada de 1.903 CV (1.400 kW) e 3.360 Nm de binário. Cada motor tem a sua própria caixa de uma velocidade, concebida para proporcionar a resistência e robustez exigida pelos elevados valores de binário, níveis mínimos de massa e fricção que otimizam a eficiência e uma velocidade máxima de 410 km/h.

Leia ainda: 8 motos super-desportivas para os amantes de velocidade

Em complemento à tração integral elétrica, a configuração de um motor por roda permite um controlo infinito da distribuição lateral e longitudinal de binário para uma transição gradual na distribuição de binário, melhorando a tração, a agilidade e o controlo. A potência é disponibilizada por uma bateria vanguardista de iões de lítio instalada na zona inferior da estrutura de carroçaria leve e rígida do GT SV para disponibilizar níveis baixos para o centro de gravidade e aceleração sobre o eixo longitudinal, bem como uma distribuição de peso quase perfeita.

A sonoridade única do motor, fundamental para a experiência de condução instintiva do Jaguar Vision GT Coupé, atinge valores ainda maiores na versão GT SV. Graças ao aumento de potência e binário que resulta de passar de três para quatro motores elétricos, o GT SV produz uma sonoridade ainda mais imponente e distinta, como um verdadeiro Jaguar do futuro. A caminho da redline a 40.000 rpm, demonstra que incorpora o ADN genuíno automóvel e faz as delícias dos condutores como nenhum outro modelo.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top