Artigo de Guilherme André
17-09-2019

Charles LeClerc tem demonstrado todo o potencial ao volante do Fórmula 1 da Ferrari. Depois de dois fins de semana seguidos a vencer (Bélgica e Itália), os elogios têm surgido de todos os lados. Desta vez, Jean Todt, presidente da FIA, falou sobre os excelentes resultados do jovem piloto monegasco.

Leia ainda: Marc Coma vai mesmo ser o co-piloto de Fernando Alonso no Dakar 2020

Todt disse à imprensa estrangeira que “Charles é extremamente forte mentalmente, tem talento de um grande campeão e a mesma maneira natural de liderar uma equipa como Michael Schumacher”. Terminou os elogios ao salientar que “ele representa o futuro da Fórmula 1 e da Ferrari”.

Charles Leclerc espera vida difícil no GP de Singapura

Ainda assim, apesar do recente sucesso, o jovem piloto diz que é necessário ser “realista” quanto à prova de Singapura. O monegasco afirma que dificilmente vai conseguir a vitória já que as características do Ferrari SF90 não combinam com o circuito de Marina Bay.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

“Nós já esperávamos que Spa e Monza fossem corridas boas para o nosso carro, mas também sabemos que as próximas vão ser mais difíceis. Temos de ser realistas e não será fácil, principalmente em Singapura”, afirmou Charles Leclerc. O monegasco vai para o GP de Singapura na quarta posição do mundial com mais 13 pontos que o colega de equipa Vettel (quinto classificado) e a apenas três de Max Verstappen (terceiro classificado).

Foto: Ferrari

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top