Artigo de João Isaac
23-01-2020

O Suzuki Jimny pode ser a mais recente vítima da caça aos modelos mais poluentes do mercado. Com emissões anunciadas de 178 gramas de CO2 por quilómetro, a saída do Jimny dos principais mercados europeus pode ajudar a Suzuki a cumprir com as metas impostas pela União Europeia.

Leia ainda: Novo Peugeot 2008 chega a Portugal com mais argumentos tecnológicos

No entanto, apesar desta saída forçada, o Jimny deverá regressar ao velho continente já em 2021. Porém, de forma a evitar as mesmas regras de controlo de emissões, o pequeno todo-o-terreno japonês vai ser disponibilizado em versão comercial.

Junte-se ao Automundo no Instagram

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Laffite X-Road, o todo-o-terreno que usa um motor V8 de supercarro – Leia a notícia em www.automundo.pt – #automundoportugal #laffite #supercars

Uma publicação partilhada por automundo.pt (@automundo_pt) a

Esta nova versão vai dispor apenas de dois lugares. Posteriormente, a Suzuki deverá equipar uma futura versão de passageiros com um novo motor para substituir o atual 1,5 litros atmosférico. A construtora nipónica dispõe, por exemplo, de propulsores 1,0 lt e 1,4 lt associados a tecnologia mild hybrid.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e veja as fotos do Suzuki Jimny.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top