Artigo de Bruno Seruca
01-07-2019

Recentemente tornou-se viral o vídeo que mostra um Tesla Model S a pegar fogo sozinho numa garagem. Tudo aconteceu numa garagem de Xangai, na China e o momento foi registado pelas câmaras de segurança daquele espaço. A situação acabou por assustar todos aqueles que têm um carro igual ao que se incendiou de forma estranha.

Veja o vídeo:

O momento foi registado pelas câmaras de segurança

Depois de cerca de dois meses de investigação, a Tesla percebeu o motivo que originou a caricata e perigosa situação. De acordo com o fabricante foi um único módulo da bateria, que é composto por diversas células, que deu início ao incêndio que culminou com uma explosão. A Tesla explica que não foi encontrado qualquer defeito no Model S. Tendo sido apenas encontrado um defeito num módulo de bateria que fica situado na frente do carro.

O fabricante adianta ainda que foram reavaliadas as configurações da gestão de carga e também das condições térmicas do Model S e Model X, tendo sido enviada uma atualização de software. Algo que irá “ajudar a proteger ainda mais a bateria e melhorar a sua longevidade”, refere a Tesla através de comunicado.

Leia ainda: Automundo, o site de automóveis virado para o futuro mas que não esquece o passado

A marca salienta ainda que o sistema de segurança funcionou na perfeição. E que todos os ocupantes teriam tido tempo de sair da viatura. Para tranquilizar os clientes, a Tesla assegura ainda que os carros elétricos da marca têm 10 vezes menos hipóteses de pegar fogo do que outros carros movidos a gasolina ou gasóleo.

Fotos: NetCarShow

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top