Artigo de Guilherme André
06-03-2020

O Rolls-Royce Cullinan é um dos SUV mais luxuosos e dispendiosos do mundo. Para além disso, as grandes dimensões fazem com que seja quase impossível passar de forma discreta sem que ninguém repare. Contudo, parece que o mundo das modificações não o acha extravagante o suficiente, mais precisamente, a Mansory. A empresa especializada em modificações de veículos de luxo decidiu modificar oito exemplares com o equipamento denominado “coastline”.

Veja o vídeo:

Rolls-Royce Cullinan tem interior em azul turquesa

Começando pelo exterior, destaque para um visual mais desportivo com, por exemplo, entradas de ar de maiores dimensões. Recebe ainda vários apêndices aerodinâmicos e uma pintura matte. Se por fora já se tornou pouco discreto, o que dizer do interior? Ao abrir as tradicionais portas da Rolls-Royce “suicidas”, os nossos olhos são ofuscados pelo azul turquesa que reveste o habitáculo. Foram de tal maneira ao pormenor que até a cadeirinha de bebé foi revestida nessa cor.

Leia ainda: Brabus 800 Adventure XLP, a modificação que custa mais de meio milhão de euros

Ainda assim, a Mansory não se limitou a modificações estéticas. Debaixo do capot, o 6,75 litros V12 bi-turbo recebeu algumas melhorias no que diz respeito a performance. Assim, a potência sobre dos 571 para os 610 cavalos e 950 Nm de binário. Por fim, a Mansory não refere quando custa esta modificação do Rolls-Royce Cullinan, contudo, é uma certeza que não será barato.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça o SUV modificado.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top