Artigo de Guilherme André
19-02-2020

Atualmente, estamos a assistir ao aparecimento de cada vez mais supercarros de fabricantes menos conhecidos. No entanto, a grande maioria surge com algum tipo de motorização híbrida, uma clara tendência da indústria automóvel. Mas será que ainda há quem evite este fenómeno? A resposta é sim. O Felino CB7R destaca-se por dois detalhes: baixo peso e motores a gasolina atmosféricos.

Leia ainda: Ferrari F50 exclusivo e em estado irrepreensível encontra-se à venda

Para quem não conhece, a Felino é uma pequena empresa canadiana. Este supercarro com chassis tubular foi criado com recurso a materiais compósitos e fibra de carbono. O resultado é um desportivo “selvagem” que pesa 1135 kg. No que toca a motorizações, os clientes têm duas opções. O primeiro, e mais acessível, é um V8 de 6,2 litros que debita 532 cavalos e 660 Nm de binário. Esta potência é transmitida às rodas traseiras, algo que permite atingir 325 km/h de velocidade máxima e ir dos 0 aos 100 km/h em 2,9 segundos.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Felino CB7R oferece versão com mais de 700 cavalos

Se preferir retirar todo o potencial deste “animal” tem um motor ainda mais impressionante. O V8 de 7,0 litros chega a uns expressivos 710 cavalos e 800 Nm de binário. Nesta configuração mais aguerrida a velocidade máxima sobe para os 345 km/h, contudo, a típica aceleração até aos 100 km/h mantém o mesmo tempo da mais acessível (2,9 segundos).

Veja também: Este Tesla Model 3 foi modificado com lagartas para a neve

Ao nível mecânico, este Felino CB7R herda alguns componentes provenientes da competição. Nomeadamente a suspensão e o poderoso sistema de travagem. A aderência é conseguida pelos pneus Pirelli P Zero Trophy R que equipam as jantes de 18 polegadas. Por fim, como seria de esperar, todas estas regalias têm um preço que não é para qualquer carteira. A versão mais “acessível” começa nos 275 mil euros, enquanto a mais aguerrida sobe para os 548 mil euros. Vale a pena o investimento?

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça o supercarro canadiano.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top