Artigo de Guilherme André
09-03-2020

A Hispano Suiza voltou a mostrar do que é capaz com uma versão melhorada do elétrico Carmen. Mais especificamente, falamos do Carmen Boulogne, um supercarro com um visual agressivo e desportivo que tem potência a condizer. Começando pelo nome, este remete para a década de 1920 quando a marca espanhola tinha um dos modelos de corridas mais bem sucedidos, o Boulougne.

Leia ainda: Koenigsegg Gemera, o carro de quatro lugares mais potente do planeta

No que diz respeito a melhorias face ao Carmen base, destaque para a potência. Os dois propulsores elétricos, um por eixo, debitam 557 cv cada um, para um total de 1115 cavalos e 1600 Nm de binário. Com estes números, o Hispano Suiza consegue fazer frente ao “todo poderoso” Bugatti Chiron W16. Deste modo, o supercarro elétrico tem uma velocidade máxima limitada eletronicamente a 290 km/h e demora 2,6 segundos nas acelerações de 0 aos 100 km/h.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

Hispano Suiza Carmen Boulogne tem 400 km de autonomia

Para alimentar o supercarro, a marca espanhola recorre a uma bateria de 80 kWh que foi colocada na parte inferior do veículo em forma de T. Assim, a autonomia chega aos 400 km (ciclo NEDC). Quando chega a altura de carregar, o Carmen Boulogne demora 30 minutos a chegar dos 30 aos 80% num carregador rápido.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

No que diz respeito ao exterior, o Hispano Suiza tem painéis de carroçaria em fibra de carbono exposta. Contudo, destacam-se os detalhes em cobre que sobressaem na cor escura do veículo. No interior, recebe comandos futuristas, enquanto o revestimento é feito em couro e alcantara. Por fim, o Hispano Suiza Carmen Boulogne está limitado a cinco unidades e o preço é de 1,65 milhões de euros (mais impostos). Os cinco felizardos que o adquirirem vão ter de esperar até 2022 para o receber.

Percorra a galeria e conheça o supercarro.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top