Artigo de João Isaac
10-12-2019

A ofensiva da Hyundai para os tão desejados SUV faz-se em três frentes distintas. Num extremo da oferta surge o “português” Kauai, uma proposta dinâmica para o segmento B, cujo design irreverente e propostas eletrificadas são as grandes apostas. No outro extremo da oferta surge o grande Santa Fe, o maior dos SUV da marca coreana apontada às famílias mais numerosas e cuja lista de equipamento é quase tão grande quanto o habitáculo deste sete lugares. Pelo meio, surge o modelo ensaiado pelo Automundo, o muito equilibrado Tucson.

Leia ainda: Mercedes-Benz C 220 d Station, a bela dama alemã por muitos desejada

Recorrendo ainda aos companheiros da oferta SUV da Hyundai, o Tucson é um modelo que se destaca por combinar parte dos argumentos do Kauai com alguns do Santa Fe. Não é tão ágil quanto o primeiro, nem tão espaçoso quanto o último, mas o compromisso conseguido pela Hyundai para o Tucson merece destaque. Assim, do banco de trás não se ouvirão, certamente, queixas relativamente a espaço. E se cinco passageiros viajam em conforto, contando igualmente com elementos como o enorme teto panorâmico para tornar a viagem ainda mais agradável, a bagageira com cerca de 500 litros do Tucson é também garantia de que nenhuma mala ou bagagem terá de ficar em casa.

Tucson é excelente rolador

Ao volante, o condutor encontra com facilidade uma posição de condução confortável e que lhe possibilita uma boa visibilidade em todas as direcções, um argumento muito útil em cidade, ambiente onde o Tucson se sente bastante bem. O comportamento dinâmico prima pela segurança, sempre com reações previsíveis e facilmente controláveis nas situações mais exigentes. A afinação do amortecimento está pensada para o máximo conforto e assim o Tucson assume-se como uma excelente proposta para as longas viagens, percursos em que se destacam igualmente as suas qualidades de rolador. Ainda assim, para o condutor, agradecia-se um volante com melhor tato, não tão fino.

Veja o vídeo:

Ainda no habitáculo, há que mencionar a boa dotação de equipamento, quer de conforto, quer relativamente a segurança. São disso exemplo o carregamento sem fios para smartphones e o assistente de faixa de rodagem. No entanto, e apesar de uma correta escolha de materiais e de uma qualidade de construção isenta de falhas, o tablier de design demasiado conservador destoa um pouco do da carroçaria robusta e moderna do Tucson.

Consumos reduzidos são argumento

Equipado com um motor 1,6 lt CRDi de 116 cavalos, o Tucson raramente irá ganhar uma corrida de semáforo, mas também não vai precisar de visitar com tanta regularidade um posto de combustível. Neste ensaio conseguimos uma ótima média de consumo de 6,5 lt/100 km. E isto sem andarmos a “pisar ovos”. Existe uma versão mais potente, com 136 cavalos, mas para uma utilização dita “normal”, esta configuração menos potente assenta muitíssimo bem ao SUV intermédio da Hyundai.

Veja também: Seat Tarraco, um SUV que é grande no tamanho e em qualidades

A gama inclui igualmente um motor 1,6 lt atmosférico de 132 cavalos, uma versão que num mercado faminto por SUV Diesel tem uma vida comercial discreta. No entanto, e depois da passagem do Tucson CRDi pelo Automundo, é fácil perceber o porquê de ser um dos preferidos dos portugueses. Uma proposta extremamente equilibrada, com muito espaço, um motor competente e económico e um preço justo, mais ainda se for considerada a vasta lista de equipamento e o extenso período de garantia.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Preço e IUC

Preço da unidade ensaiada: 39 980 €

IUC: 181,25 €

Ficha técnica

Motor e transmissão

Colocação: dianteira, longitudinal

Cilindrada: 1598 cc, quatro cilindros em linha

Alimentação: injeção common rail, gasóleo

Potência: 116 cavalos às 4000 rpm

Binário: 280 Nm das 1500 às 2750 rpm

Caixa: manual, 6 velocidades

Consumo e performance

Consumo médio declarado: 5,6 lt/100 km

Consumo médio verificado: 6,5 lt/100 km

Aceleração 0-100 km/h: 11,8 segundos

Velocidade máxima: 175 km/h

Dimensões

Comprimento/largura/altura: 4480 mm/1850 mm/1645 mm

Capacidade da mala: 488 litros

Percorra a galeria e veja as fotos do Hyundai Tucson 1.6 CRDi 116 cv.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top