Artigo de Guilherme André
05-06-2020

A Specialized já conta com bicicletas elétricas no portfólio. No entanto, decidiram inovar e criaram a Specialized Vado SL. A sigla SL significa Super Light (super leve), ou seja, conseguiram melhorar num ponto em que é difícil devido aos componentes que constituem um propulsor elétrico. Um dos principais fatores para a melhoria de peso é a integração da bateria de 320 Wh no quadro. Para além de facilitar a utilização, ajuda a ser mais eficiente. Conheça a bicicleta elétrica com 130 quilómetros de autonomia.

Leia ainda: Esta Ducati Scrambler venceu concurso de personalização da marca

Perante isto, o motor de 1,95 kg permite até 35 Nm no pico de potência. Ainda assim, o principal destaque é a autonomia. Dividida em três modos, Eco, Sport e Turbo, a autonomia está balizada entre 130 km (Eco) e 65 km (Turbo). Relativamente ao esforço, no primeiro acrescenta 30% de força adicional, seguido de 60% no modo Sport e no Turbo iguala a entrega do ciclista. Há ainda um extensor de autonomia vendido à parte.

Specialized apresenta bicicleta elétrica com 130 quilómetros de autonomia

Specialized Vado SL dividida em três versões

Por fim, a Specialized Vado SL está disponível em três versões diferentes. A versão mais simples, SL 4.0, não tem guarda-lamas ou plataforma de bagagem, pesa 14,9 kg e custa 2999€. De seguida, a SL 4.0 EQ recebe os equipamentos em cima mencionados e tem mudanças de 10 velocidades. Esta custa mais 200€ face a anterior. Por fim, a topo de gama SL 5.0 EQ tem rodas especiais, manípulos Shimano SLX e 12 velocidades. O garfo tem amortecimento Future Shock 1.5, algo que garante um melhor conforto em piso irregular. Nesta última, o preço sobe para os 4199€.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça a bicicleta.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top