Artigo de João Isaac
23-09-2019

Depois de uma ausência de praticamente quinze anos dos principais mercados europeus, o Toyota Camry está de regresso. E regressa com o objetivo de procurar o sucesso que encontrou noutros mercados como o americano e o asiático. Apesar de não estar connosco desde 2004, o Camry é comercializado em mais de 100 países e já vendeu cerca de 19 milhões de unidades.

Assim, este grande Toyota vem preencher o espaço deixado pelo retirado Avensis. Aposta igualmente numa única motorização híbrida para cativar os clientes do segmento D/E. Como não podia deixar de ser, o Camry continua a apostar no formato sedan de carroçaria, o qual representa, no nosso país, cerca de 17% das vendas deste segmento.

Leia ainda: Opel Grandland X 1.2 Turbo, um grande SUV com coração de citadino

São também as motorizações híbridas aquelas que têm registado o maior crescimento, lutando contra os ainda líderes motores Diesel. Assim, e graças ao contínuo desenvolvimento da tecnologia híbrida por parte da Toyota, o Camry apresenta-se ao serviço escondendo debaixo do capot um motor de combustão que é referência no que à eficiência diz respeito.

Potência ajustada ao Camry, consumo de utilitário

O propulsor híbrido junta este motor 2,5 lt, a gasolina, com um motor elétrico, totalizando 218 cavalos. Esta potência, apesar do peso e dimensões do Camry, e ainda do perfil mais eficiente do que rápido da transmissão do tipo CVT, permite ao Camry revelar uma performance muito aceitável. Ainda mais se considerarmos o tipo de condução para o qual foi pensado. Assim, mesmo com alguns exageros pelo meio, é bastante fácil manter o computador de bordo a mostrar uma média de consumo entre 5 e 6 lt/100 km.

Veja também: Renault Talisman TCe 225, um lobo em pele de cordeiro

E é nesse tipo de condução, tranquila e relaxante, que melhor se desfruta das inúmeras qualidade do Camry. Os ótimos bancos, o elevado conforto de rolamento e uma correta insonorização do habitáculo são garantia de que o cansaço típico das longas viagens fica em casa. Para o condutor, a agradabilidade de utilização do propulsor híbrido é complementada pela ótima visibilidade dianteira e lateral, graças à baixa linha de cintura. O espaço a bordo abunda, quer à frente, quer atrás. A bagageira é enorme, mas surpreende ainda mais pela abertura ampla, pouco comum num três volumes.

Veja o vídeo:

A adopção da plataforma GA-K providencia não só a rigidez torcional que se exige, assim como um baixo centro de gravidade que beneficia a dinâmica. Esta está longe de ser entusiasmante, mas igualmente longe estava esse objetivo aquando do desenvolvimento do Camry. Este é um automóvel com um pisar sempre confortável e sempre robusto. O seu foco está num conforto inabalável, avaliação em que passa com distinção.

Nível de equipamento intermédio é aposta

A gama Camry é composta, em Portugal, por três níveis de equipamento. O nível Luxury, o intermédio e o que tivemos oportunidade de experimentar, é aquele que a Toyota espera que venha a representar o maior número de vendas com um mix estimado de 55%. No entanto, logo no nível Exclusive, o Camry oferece um extenso pacote de equipamento de segurança. Este inclui elementos como o assistente de manutenção na faixa de rodagem, o cruise control adaptativo e reconhecimento de sinais de trânsito e ainda o sistema de pré-colisão. No topo, surge a versão Limousine, com, por exemplo, ar condicionado de três zonas, bancos traseiros reclináveis eletricamente, sistema de som JBL e heads up display.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Para além da excelente relação preço/equipamento, é importante destacar a fiabilidade e os custos reduzidos de manutenção do propulsor híbrido da Toyota. Aplauda-se a aposta da marca nesta tecnologia, bem como o valor acrescentado pela garantia geral de 7 anos. O Camry pode não ser um automóvel para todos os condutores e muito menos para todas as carteiras, mas 47 mil euros por todo este espaço, conforto, eficiência e equipamento, parece-nos uma excelente proposta. Bem-vindo de volta, Camry-san.

Preço e IUC

Preço base: 43 990 € (Exclusive)

Preço da unidade ensaiada: 46 990 € (Luxury)

IUC: 204,21 €

Ficha técnica

Motor e transmissão

Colocação: dianteira, transversal

Cilindrada: 2487 cc, quatro cilindros em linha + motor elétrico

Alimentação: injeção direta e indireta de gasolina + bateria

Potência: 218 cavalos

Binário: 221 Nm entre as 3600 e as 5200 rpm

Caixa: automática, do tipo CVT

Consumo e performance

Consumo médio declarado: 5,5 lt/100 km

Consumo médio verificado: 5,9 lt/100 km

Aceleração 0-100 km/h: 8,3 segundos

Velocidade máxima: 180 km/h

Dimensões

Comprimento/largura/altura: 4885 mm/1840 mm/1455 mm

Capacidade da mala: 524 litros

Percorra a galeria e veja as fotos do Toyota Camry.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top