Artigo de Guilherme André
02-03-2020

A Alfa Romeo decidiu celebrar os 110 anos da melhor forma possível. Para tal, decidiram reviver um nome mítico que faz parte da história da marca. Falamos do novo Alfa Romeo Giulia GTA, uma nova edição limitada e melhorada do Giulia Quadrifoglio. Focado na performance, destaca-se por ser mais leve, veloz e agressivo. Para além disso, vai estar disponível em duas versões: GTA, variante com quatro bancos, enquanto a GTAm inclui uma roll-cage, retira os dois bancos traseiros e acrescenta uma asa traseira de grandes dimensões.

Alfa Romeo Giulia GTA chega aos 540 cavalos

Debaixo do capot mantém o 2.9 litros V6 bi-turbo, mas com melhorias que impulsionam os números para os 540 cavalos. A potência é transmitida às rodas traseiras através da transmissão automática de oito velocidades. Deste modo, consegue acelerar dos 0 aos 100 km/h em 3,6 segundos. Uma das melhorias que salta à vista é o novo escape da Akrapovic em titânio instalado ao centro do para-choques traseiro.

Leia ainda: Coronavírus cancelou Salão de Genebra, mas BMW já arranjou solução

Algo que merece destaque é a “dieta” pela qual passou o Alfa Romeo Giulia GTA. Este pesa menos 100 kg face ao Giulia Quadrifoglio, algo que o deixa com a relação peso potência de 2,82, a melhor da sua categoria. Isto só é possível devido à utilização de fibra de carbono em vários componentes, nomeadamente, capot, para-choques dianteiro, entre outras. Mais se acrescenta que na versão GTAm, o desportivo poupa ainda mais peso ao retirar os bancos traseiros que são substituídos por metade de uma roll-cage. Isto permite introduzir bacquets específicas com cintos de competição.

Veja o vídeo:

Veja também: Peugeot 208 bate Porsche Taycan e Tesla Model 3 e é eleito Carro do Ano de 2020

Por fim, de mencionar que o Alfa Romeo Giulia GTA está limitado a 500 unidades. Quanto ao preço, este ainda não foi confirmado. Ainda assim, o Giulia Quadrifoglio começa nos 110 mil euros no mercado nacional. Esta edição limitada deve ultrapassar bastante este valor, mas percebe-se porquê.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça o regresso de um nome mítico.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top