Artigo de Guilherme André
28-10-2019

Um modelo criado a pensar no passado, o A110 chegou ao mercado com um legado a manter. Se por fora mantém a silhueta do antecessor, em tudo o resto mostra tecnologia e inovação. Agora, o Grupo Renault apresentou o novo Alpine A110S, a versão mais potente da gama. Leve (1114 kg) e ágil, está equipado com o 1.8 turbo acoplado a uma caixa automática de sete velocidades dupla embraiagem.

Leia ainda: Novo Volkswagen Golf está mais digital e tem cinco versões híbridas

Ao nível de potência o S tem um ganho de 40 cv face à versão base, para um novo total de 292 cv e 320 Nm de binário. Assim, acelera dos 0 aos 100 km/h em 4,4 segundos, enquanto a velocidade máxima é limitada a 260 km/h.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Ainda assim, as alterações não são apenas ao nível de potência. De facto, o chassis foi aperfeiçoado, algo que deve melhorar a dinâmica. Para além disso, a afinação da suspensão foi revista e inclui agora barras estabilizadoras mais firmes. Por fim, o centro de gravidade está mais baixo (4mm mais perto do solo) e o sistema de controlo de estabilidade está mais “desportivo”.

Alterações estéticas no Alpine A110S acontecem em pequenos detalhes

Com o objetivo de se manter o mais próximo possível do base, as alterações no exterior verificam-se em pequenos detalhes. Assim, destaque para a inclusão da bandeira no pilar em fibra de carbono e laranja e os logos em preto. Também em laranja surgem as pinças de travão que sobressaem pelas novas jantes especiais pretas. Passando para o interior, a cor laranja está de regresso nos pespontos, por exemplo, nos bancos desportivos ou volante. O Alpine A110S já pode ser encomendado em Portugal, com um preço a começar nos 76 300 euros.

Percorra a galeria e conheça a nova versão de topo do desportivo francês.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top