Artigo de João Isaac
13-01-2020

O Honda Civic Type R é considerado por muitos o melhor desportivo de tração dianteira da atualidade. Ainda assim, a marca japonesa acha que existe margem para melhoramentos e aproveitou o salão de Tóquio para apresentar um renovado Type R. Exteriormente, as alterações são subtis, com destaque para a nova grelha dianteira, bem como para a nova cor Boost Blue.

Honda não fez alterações no motor de 320 cavalos

No entanto, a grande novidade é a introdução de novas afinações de suspensão. Esta recorre a casquilhos com superior rigidez no eixo traseiro e na frente foram reduzidos os atritos de forma a melhorar a resposta da direção. Os amortecedores foram otimizados com vista a beneficiar o nível de conforto, avaliação em que o Type R já merecia uma nota muito positiva.

Junte-se ao Automundo no Instagram

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Opel atualiza Insignia GSi com um novo motor. Saiba tudo em www.automundo.pt #automundo @opelpt #insignia #gsi #cars

Uma publicação partilhada por automundo.pt (@automundo_pt) a

Relativamente aos travões, o mais radical dos Civic passa a contar com novos discos de duas peças. Estes permitem reduzir a fadiga e oferecem uma superior capacidade de travagem. A Honda respondeu igualmente às críticas que recebeu sobre a sonoridade abafada do motor 2.0 lt Turbo VTEC e introduziu neste novo Civic Type R o Active Sound Control, solução capaz de reproduzir no habitáculo o som do motor, conforme o modo de condução selecionado.

Leia ainda: Renault Captur, a nova geração tem tudo para continuar a liderar

Ainda no interior, é igualmente novidade o volante revestido a Alcantara e um redesenhado punho da caixa que permite passagens mais rápidas. O sistema Honda Sensing, com diversas ajudas e assistentes de condução, passa a fazer parte do equipamento de série. A Honda não fez qualquer alteração ao motor quatro cilindros de 320 cavalos.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Foto: Honda

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top