Artigo de Guilherme André
30-03-2020

O desporto motorizado está cheio de grandes histórias relacionadas com pais e filhos. De facto, são várias as famílias que conseguiram, ao longo os anos, manter o legado com a passagem de testemunho entre gerações. Um dos casos mais recentes remete para o nome Rosberg. Se por um lado o pai, Keke Rosberg, venceu o campeonato de Fórmula 1 em 1982 com 29 anos, o filho Nico Rosberg não se ficou atrás. Nico foi campeão de Fórmula 1 em 2016, superando o colega de equipa Lewis Hamilton. Tal como esta história, o artigo pretende mostrar algumas “jovens promessas” com nomes grandes que têm a dura tarefa de manter ou aumentar a história das famílias na competição.

Será que Mick Schumacher chega à Fórmula 1?

Se por um lado alguns desta lista já fizeram melhor do que os pais, como é o caso de Max Verstappen (Fórmula 1), há outros que vão ter de batalhar muito. Começamos por falar de Carlos Sainz Jr., o atual piloto da McLaren em Fórmula 1, que é filho do emblemático Carlos Sainz, bicampeão de WRC e três vezes vencedor do Dakar.

Leia ainda: Saiba o que aconteceu aos 1800 pneus que não foram utilizados no GP da Austrália

Passando para a Fórmula 2, aqui encontramos muitos jovens talentos e, alguns deles, com sobrenomes míticos. Mais especificamente Mick Schumacher, filho de Michael Schumacher, um ex-piloto que dispensa apresentações depois de vencer sete títulos em F1. No mesmo campeonato surge também um outro jovem piloto com nome grande: Pedro Piquet. Este é filho de Nelson Piquet, três vezes campeão de Fórmula 1. 

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Fernando Alonso puxa pela Toyota Hilux com o Dakar 2020 em vista – Leia a notícia em www.automundo.pt – #automundoportugal #toyota #hilux #dakar

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Nos ralis Rovanpera é visto como futuro campeão mundial

Contudo, esta lista não é apenas composta por estrelas da Fórmula 1. Ao passar do asfalto para a terra batida encontramos dois nomes que merecem destaque. Em primeiro lugar Kalle Rovanpera, o jovem piloto da Toyota Gazoo Racing que é visto como um futuro campeão de WRC. O seu pai, Harri Rovanpera, realizou mais de 100 ralis. Será que vai conseguir melhor do que o pai? Ainda nos ralis, há um outro jovem piloto que vai ter mais dificuldade em manter o legado do pai, mas também da mãe! Falamos de Oliver Solberg, atual piloto de WRC2 que viu o seu pai, Petter Solberg, ser campeão de WRC em 2003. Por outro lado, a mãe Pernilla Walfridsson, também foi piloto de ralis.

Veja também: Dakar vai retirar potência e velocidade às motos

No que diz respeito às duas rodas, também há casos de filhos que querem seguir os pais. Aqui encontramos Remy Gardner, atual piloto de Moto2 pela Tech 3 Racing. O jovem australiano é filho de Wayne Gardner, campeão das 500cc em 1987. Por fim, de referir que este artigo escolheu alguns jovens que, tal como os pais, querem criar o próprio nome na competição. Se por um lado uns vão conseguir “bater” os pais, outros a missão é quase impossível. Só o tempo o dirá.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça os filhos de pilotos.

Fotos: reprodução redes sociais

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top